Parcelamento IRPF 2020: Como Parcelar Imposto de Renda?

Os contribuintes que estão com uma renda mais apertada nesse ano e não possuem condições de fazer o pagamento à vista do IRPF, é possível fazer o parcelamento IRPF 2020. Este parcelamento IRPF 2020 serve para que o contribuinte não acabe caindo em dívida com a Receita Federal, então, se quer saber como solicitar essa forma de pagamento, continue lendo e saiba mais!   

 parcelamento IRPF 2020

 parcelamento IRPF 2020


IRPF 2020 

O Imposto de Renda, ou apenas IRPF 2020, é um dos mais importantes impostos de todo o Brasil, sendo cobrado todos os anos pelo Ministério da Fazenda por meio da Receita Federal.

Este imposto é de grande importância tanto para aqueles que devem obrigatoriamente paga-lo, quanto para o Governo Federal, pois é a partir do pagamento do Imposto de Renda 2020, que o Governo consegue boa parte do dinheiro para os investimentos no país. 

Além é claro, de ser por meio da declaração Imposto de Renda 2020, que o cidadão prova a União, que todos os seus bens de posse foram adquiridos de forma legitima.

✓  Confira mais informações sobre o Imposto de Renda:

Dessa forma, o pagamento é bastante importante de ser feito, o que fez com que a receita Federal, criasse o parcelamento IRPF 2020, do qual é uma nova chance para que nenhum contribuinte caia em dívida. 


Diferenças entre pagamento à vista e parcelamento IRPF 2020 

Na hora de decidir a forma de pagamento do seu Imposto de renda 2020, é possível que o contribuinte escolha entre as opções de pagamento à vista e o parcelamento IRPF 2020. 

Porém, deve-se ter em mente que ambas formas de pagamento possuem diferenças que podem ser vantajosas ou não, dependendo da sua situação atual. 

Veja abaixo as diferenças: 

  • Ao escolher essa opção, o contribuinte irá pagar o valor do seu IRPF de uma única vez sem o risco de aumento devido a reajuste de acordo com a taxa SELIC; 
  • Já o pagamento parcelado, há grande risco de ocorrer uma variação no valor das parcelas, já que está à mercê da taxa SELIC; 
  • A forma de pagamento parcelado só poderá ser feita nas instituições parceiras vinculadas e credenciadas pela Receita Federal; 
  • O parcelamento é feito apenas em débito automático. 

Visto os pontos acima, o recomendado é que o contribuinte caso possua condições financeiras suficientes, opte pelo pagamento à vista ao em vez do parcelamento IRPF 2020, pois não correrá riscos de que o valor aumente. 

Caso não possua a condição financeira acessível, o mais indicado é que opte pelo parcelamento, sendo o mais importante é que não deixe de pagar o seu imposto. 


Como parcelar o IRPF 

Para que seja possível selecionar a opção de parcelamento IRPF 2020, será necessário primeiro que você confeccione completamente a sua declaração IRPF 2020.

Somente após terminar de fazer a sua declaração, é que você poderá realizar a escolha da forma de pagamento do seu imposto. 

✓  Entenda como funciona a Restituição IRPF 2020IRPF 2020

Lembrando que antes de escolher entre o pagamento à vista e o parcelamento IRPF 2020 é importante ver as vantagens que cada forma carregada, assim escolhendo a que melhor lhe encaixará. 

Com tudo isso já decidido, ao finalizar a sua declaração, você deverá escolher entre as opções de pagamento disponíveis, basta clicar na opção de parcelamento IRPF 2020 que você irá receber o carnê com cada uma das parcelas a serem pagas. 


Tabela IRPF 2020 

Todos os anos, a Receita Federal emite uma tabela IRPF 2020 contendo todas as datas que deverão ser pagas pelo contribuinte as parcelas do Imposto de Renda.

Além das datas, essa tabela também possui as alíquotas IRPF 2020 e juros que serão acrescentados em todas as parcelas.

Veja abaixo: 

Quota  Vencimento  Taxa de juros aplicável para pagamento no prazo 
1ª parcela ou quota única  29/04/2020 
2ª  31/05/2020  1% 
3ª  30/06/2020  Taxa Selic de maio + 1% 
4ª  29/07/2020  Taxa Selic acumulada (maio e junho/2019) + 1% 
5ª  31/08/2020  Taxa Selic acumulada (maio, junho e julho/2019) + 1% 
6ª  30/09/2020  Taxa Selic acumulada (maio, junho, julho e agosto/2019) + 1% 
7ª  31/10/2020  Taxa Selic acumulada (maio, junho, julho, agosto e setembro/2019) + 1% 
8ª  30/11/2020  Taxa Selic acumulada (maio, junho, julho, agosto, setembro e outubro/2019) 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 4

Parcelamento IRPF 2020: Como Parcelar Imposto de Renda?

Leave a Reply