IRPJ 2020: Tabela, Alíquotas e Como Declarar

Assim como existe o Imposto de Renda para Pessoas Físicas, também existe por parte do Governo Federal a cobrança deste imposto para a parte jurídica, o IRPJ 2020. A forma como cada um destes impostos trabalha é até parecida, porém existem diversas diferenças entre cada um deles, assim, para que você possa entender melhor a funcionalidade do IRPJ 2020, continue lendo este artigo para ficar bem informado!  

IRPJ 2020

IRPJ 2020

Imposto de Renda para Pessoa Jurídica

O Imposto de Renda para Pessoa Jurídica, ou IRPJ, é cobrado todos os anos ou a cada 3 meses para as pessoas que possuem em seu nome um CNPJ ou para as empresas que estão fora da categoria MEI (Microempreendedores Individuais). 

A confecção da declaração do IRPJ 2020 é mais complicada do que a do IRPF 2020, pois para fazer esse tipo de declaração para empresas, demanda uma quantidade bem maior de detalhes a serem declarados. 

✓ Veja mais informações sobre o Imposto de Renda:

Dessa forma, muitas das empresas acabam por contratar profissionais de contabilidade para manter em ordem toda a parte financeira de sua empresa para poder fazer uma declaração Imposto de Renda 2020 mais rápida e prática e é claro, sem erros. 


Quem deve declarar o IRPJ? 

Para que alguém seja obrigado a pagar o IRPJ 2020, deverá em primeiro lugar ver se está encaixado nas regras de obrigatoriedade liberadas pela Receita Federal. 

Veja abaixo: 

  • Qualquer pessoa considerada Física que pagou o seu rendimento no ano anterior;  
  • Quem está classificado como Pessoa Jurídica e que faz Imposto de Renda na Fonte, deverá fazer o IRPJ; 
  • Os empresários sejam pelos seus nomes, ou m nome de suas empresas, deverão fazer a declaração caso enviem dinheiro para fora do país; 
  • Devem fazer a declaração do IRPJ aquelas empresas das quais fazem pagamentos a outras empresas, das quais fazem uso do CSLL e COFINS em sua tributação. 

Estando dentro de apenas uma das regras citadas acima, você já deverá realizar o pagamento de seu IRPJ 2020 assim que a época determinada pela Receita Federal chegar. 


Alíquotas do Imposto de Renda para Pessoa Jurídica

Para o pagamento da declaração do IRPJ 2020, as alíquotas serão deste imposto serão diferentes das alíquotas IRPF 2020.

Veja abaixo a tabela de alíquotas vigente: 

  • 15% será cobrado sobre o lucro Real, sendo pela arrecadação por pessoas jurídicas comercial ou civil; 
  • 6% será cobrado para as empresas concessionárias de serviços públicos de energia elétrica e telecomunicações, sobre o lucro Inflacionado acumulado; 
  • 6% de taxa para as empresas de saneamento básico; 
  • 6% cobradas as empresas com atividade de transporte coletivo, tendo elas concessão do estado para operar de forma legalizada. 

Porém, juntando outros valores que podem ser adicionados aos 15% mostrados no primeiro ponto, a alíquota pode chegar até a casa dos 30%. O atual ministro da Economia Paulo Guedes, quer derrubar essa taxa  somatória para fixos 15%, como declarado para o sistema Jornal do Commercio, veja abaixo:

O atual ministro da Economia Paulo Guedes que diminuir a taxa máxima de 34% para 15%. Para contrabalancear essa redução, ele pretende implementar a tributação de dividendos, que hoje são isentos, para 15%.


Como declarar o IRPJ 2020?

Como a declaração do IRPJ 2020 é um assunto complexo a grande maioria das pessoas, é comum que as empresas contratem contadores profissionais para cuidar disso. 

Dessa forma, é comum a presença frequente de contadores nas empresas de grande porte, pois assim é possível manter todo o setor financeiro da empresa em continua atualização para facilitar na hora de realizar a declaração. 

Veja abaixo como fazer a sua: 

  • Primeiro entre no site oficial da Receita Federal, ou clique aqui

IRPJ 2020

  • Baixe o programa gerador de declarações disponibilizado no site; 
  • Instale em seu computador e faça login nele utilizando os seus dados; 
  • Após isso, basta preencher todos os campos com as informações requisitadas, essas informações serão sobre os gastos de sua empresa e o lucro acumulado ao longo do ano anterior. 

É recomendado para as empresas de grande porte que realizem várias transações financeiras, que um contador profissional seja chamado para gerir todo o processo. 

Pois caso exista qualquer erro na sua declaração, ela irá cair na Malha Fina e isso irá trazer mais trabalho e até prejuízos para você e sua empresa. 


IRPJ Atrasado 2020 

Caso você deixe de fazer a declaração do seu Imposto de Renda para Pessoas Jurídicas, serão adicionados a você multas e taxas extras que serão acumuladas até que você realize o pagamento deste imposto. 

As punições para o não pagamento são: 

  • Multas que podem variar de 2% até 20%; 
  • Também é cobrado o valor de R$ 20 para cada grupo de 10 informações erradas ou consideradas omitidas que forem encontradas na sua declaração. 

Por isso, é sempre bom iniciar o processo de declaração do IRPJ 2020 com antecedência, além de ter um consultor a sua disposição sempre que esta época chegar. 


Datas da declaração do IRPJ 2020 

Caso a sua empresa esteja dentro do grupo que precisa apresentar o documento de declaração a cada três meses, é preciso ficar atento para as datas limites de cada uma. 

Veja a tabela abaixo: 

  • 31 de Março; 
  • 30 de Junho; 
  • 31 de Setembro; 
  • 30 de Dezembro. 

Lembrando que empresas que participaram de fusões ainda serão obrigadas a fazer a declaração. 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

IRPJ 2020: Tabela, Alíquotas e Como Declarar

Leave a Reply