Cronograma IRPF 2020: Prazos, Datas e Lotes

Os brasileiros que anualmente tem de fazer a declaração do IRPF, acabam muitas vezes tendo dificuldades nas em saber quando serão lançadas e encerradas as datas de cada um dos processos referentes ao cronograma IRPF 2020. Para diminuir essa incidência, a Receita Federal libera todos os anos tabela com o cronograma IRPF 2020 do qual possui as datas exata de todos os eventos deste imposto.  

cronograma IRPF 2020

Cronograma IRPF 2020

Para que você possa ter acesso ao calendário IRPF 2020, continue lendo este artigo e saiba mais!

 IRPF 2020  

 Este talvez seja o mais importante imposto anual cobrado em todo o país, pois milhões de brasileiros acabam tendo de ser obrigados a fazer a confecção do Imposto de Renda 2020.  

Este imposto nada mais é do que uma taxa que grande parte da população brasileira deve pagar todos os anos ao Governo Federal sobre a quantia de rendimentos que conseguiu arrecadar no ano anterior.  

Porém, existem algumas pessoas que possuem a isenção IRPF 2020, mas para isso, a pessoa em questão deve estar dentro de regras exigidas pela Receita Federal além de comprovar o porquê de sua isenção.  

Porém, um grande alívio para os que devem fazer a declaração Imposto de Renda 2020, é o pagamento da restituição IFPF 2020, da qual possui um cronograma IRPF 2020 exclusivo.


Quem deve declarar o IRPF?

Assim como quem tem direito a isenção deste imposto, deve estar enquadrado em uma série de regras, quem deve declarar também deverá estar classificado em pelo menos 1 das regras exigidas pela Receita Federal.  

Confira abaixo quem deverá fazer a declaração:  

  • Cidadãos do setor rural que queiram realizar compensação de prejuízos e perdas nos anos passados;   
  • Quem teve um rendimento tributável igual ou superior a R$ 1.903,98 mensais ou R$ 28.559,70 no ano anterior;  
  • Quem fez investimentos na bolsa de valores, mercados futuros ou parecido também deverá fazer a declaração do seu imposto;  
  • Quem se tornou residente do Brasil até a data de 31/12/2019 deverá também fazer a sua declaração;  
  • Deve-se declarar todo aquele que teve rendimento tributável ou não tributável na fonte com valor superior a r$ 40 mil;  
  • Quem tiver uma renda anual acima de R$ 142.798,50;  
  • Quem adquiriu bens de consumo acima de R$ 300 mil, deverá fazer a declaração do IRPF.

cronograma IRPF 2020 

Se você estiver de acordo com apenas 1 dos pontos apresentados acima, você deverá realizar a sua declaração IRPF 2020, a menos, que possua direito à isenção perante as suas regras. 


Isenção Imposto de Renda 2020 

Assim como quem deve fazer a sua declaração, deve estar dentro de um conjunto de regras, quem possui o direito de receber a isenção IRPF 2020 deste imposto, também deverá estar enquadrado em uma série de regras que irão determinar o direito.

Possuem direito à isenção os seguintes cidadãos portadores de: 

  • Fibrose cística;  
  • AIDS;  
  • Hanseníase;  
  • Tuberculose ativa;  
  • Cardiopatia grave;  
  • Paralisia incapacitante e irreversível;  
  • Cegueira;  
  • Doença de Parkinson; Alienação mental;  
  • Neoplasia maligna;  
  • Esclerose múltipla;  
  • Espondiloartrose anquilosante;  
  • Contaminação sofrida por radiação  
  • Nefropatia e hepatopatia grave;  
  • Doença de Paget em estado avançado; 
  • E pessoas com renda mensal de até R$ 1.903,98. 

Se o cidadão estiver dentre uma destas categorias, ela poderá fazer a solicitação por sua isenção em qualquer sede da Previdência Social, desde que apresente um laudo médico comprobatório de sua condição, ou de sua renda. 

Porém, para algumas pessoas mesmo com a isenção ativa, ainda pode ser possível que a Receita Federal obrigue o cidadão para fazer apenas a declaração, sem necessidade de fazer o pagamento. 


Cronograma IRPF 2020 

Desta forma, para que nenhuma das datas sejam esquecidas, a Receita Federal libera em todos os anos, um cronograma IRPF 2020 do qual contém todas as datas importantes para esse processo anual de declaração. 

Veja abaixo o cronograma IRPF 2020

Data   Procedimento  
4 de janeiro   Liberação das alíquotas Imposto de Renda.  
Fim do mês de janeiro   Liberação dos programas auxiliares como o Carnê Leão.  
25 de fevereiro   Liberação do Programa IRPF 2020 para declaração de Imposto de Renda.  
7 de março   Início do prazo para entrega da DIRPF 2020.  
30 de abril   Encerramento do prazo para entrega da declaração de IRPF. 

 

Com este calendário, você poderá ficar mais atento para quando será iniciada e finalizada cada fase e assim evitar atrasos, o que por sua vez, irá diminuir o número de problemas que você poderá ter com o órgão Federal responsável. 


Cronograma da restituição IRPF 2020

Existe ainda, um segundo cronograma IRPF 2020 liberado pela Receita Federal, porém, este calendário em si, corresponde apenas as datas de pagamento da restituição IRPF 2020.

Essa restituição, funciona como uma espécie de “troco”, dado pela Receita, pois ao fazer o pagamento do Imposto de Renda 2020, o valor pago é integral, sendo somente depois de entregue a declaração, aplicada as deduções sobre o valor. 

O diferencial entre o valor pago e as deduções, é devolvido para o contribuinte diretamente em sua conta bancária cadastrada. 

Veja abaixo o cronograma IRPF 2020 da restituição: 

Número dos Lotes   Data de Pagamento 
1°   17/06/2020  
2°   15/07/2020  
3°   15/08/2020  
4°   16/09/2020  
5°   15/10/2020  
6°   18/11/2020  
7°   16/12/2020  

 

As datas de pagamento do valor da restituição, são divididas entre as pessoas com prioridades, que são professores, idosos e quem fez o pagamento nos primeiros dias de liberação, como descrito pelo Jornal O Globo, veja a seguir:

 Para quem prestar contas ao Leão dentro do prazo (até 30 de abril), sem erros ou inconsistências, a devolução deverá sair logo nos primeiros lotes.

Por isso, é importante ficar sempre de olho no cronograma IRPF 2020 para desta forma, poder receber a sua restituição 2020 mais cedo. 

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 2

Cronograma IRPF 2020: Prazos, Datas e Lotes

Leave a Reply